Jorge Vianna pretende fiscalizar ações do Outubro Rosa e Novembro Azul

723

Para deputado, falta efetividade após campanhas, para tratamento de câncer de mama e de próstata

Por Kleber Karpov

Com a proximidade do Outubro Rosa, mês de mobilização, internacional, voltado a conscientização para o controle do câncer de mama, o deputado distrital, Jorge Vianna (Podemos) anunciou, durante reunião na Comissão de Educação, Saúde e Cultura (CESC) da Câmara Legislativa do DF (CLDF), que pretende fiscalizar as ações que devem ocorrer em todo o DF.

A posição do deputado se deu, durante discussão na CESC, do projeto (PL nº 165/2019), do deputado Rafael Prudente (MDB), que obriga os hospitais públicos a assegurarem a realização do teste de mapeamento genético às mulheres com elevado risco de desenvolver câncer de mama. O que desencadeou na discussão da eficiência do projeto Carreta da Mulher, que oferece exames gratuitos de mamografia para tentar diagnosticar a doença.

Vianna ponderou sobre a falta efetividade em campanhas realizadas, pois as mulheres após a consulta na carreta, acaba sem acesso a fica sem continuidade, por parte da Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF). “As campanhas precisam ser efetivas. Nem reconstrução de mamas nós conseguimos ter na Secretaria de Saúde.”.

O deputado mencionou as campanhas do Outubro Rosa e Novembro Azul que se movimentam em torno do câncer de mama e de próstata, respectivamente. Além de pontuar, por exemplo, a falta de exames de ressonância magnética e de tomógrafos na rede pública de Saúde.

Vianna observou ainda que durante a campanha do Novembro Azul, em 2018, o Hospital de Base do DF (HBDF), à época sob gestão do Instituto Hospital de Base do DF (IHBDF), não realizou um único procedimento cirúrgico.

Fiscalização

Vianna informou ainda que, pretende fiscalizar, de perto, as ações por parte da SES-DF,  durante as programações do Outubro Rosa e Novembro Azul e cobrar ações efetivas, a partir das campanhas.