HRAN recebe sessão solene da Câmara Legislativa em comemoração aos 35 anos da unidade

136

Servidores foram reconhecidos como responsáveis por referenciar diversos serviços do HRAN no país

Por Kleber Karpov

A Câmara Legislativa do DF (CLDF), realizou, na manhã de quinta-feira (12), sessão solene, requerida pelo deputado distrital e, presidente da Comissão de Educação, Saúde e Cultura (CESC) da CLDF, Jorge Vianna (Podemos), em comemoração aos 35 anos do Hospital Regional da Asa Norte (HRAN). Na ocasião, autoridades e servidores receberam moção de louvor pelos relevantes serviços prestados à população do DF.

Dentre os que compuseram a mesa, ao parabenizar os servidores do HRAN, a Superintendente da Região de Saúde Central da Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF), Eddi Sofia de La Santissima Trinidad Sericia Mejias Medrel, lembrou os diversos serviços de excelência prestados no HRAN, dentre esses, as iniciativas do Hospital Amigo da Criança, o Cris Down, o Núcleo de Prevenção e Assistência as Situações de Violência (Nupav), s Serviço Multidisciplinar de Atendimento aos Fissurados, as cirurgias bariátrica e plástica, o serviço de queimados, de dermatologia, referencias no DF e vários, no país.

“São muitos títulos que são alcançados, graça ao esforço e trabalho de vocês, um atuação de formiguinha, que se constrói no dia-a-dia e vocês têm mantido ao longo desses anos.”.

O diretor geral do HRAN, Leonardo Ramos de Sousa, ratificou a diferenciação do atendimento prestado à população, que atribuiu aos profissionais de saúde do HRAN. “O pouco tempo que estou na gestão foi suficiente para me apaixonar por esse hospital. Vi de onde vem esse orgulho em dizer que o HRAN é diferenciado. Isso tudo por causa das pessoas que estão aqui e compõem esse serviço maravilhoso, que é referência distrital. Este é um hospital especial”.

A diretora administrativa do hospital, Marcia Vieira, por sua vez,  lembrou que o HRAN tem um grau de abrangência que vai além das fronteiras da região central. “A região central abrange o coração de Brasília. Somos referencia ao Aeroporto [Internacional de Brasília Juscelino Kubitscheck], às pessoas que estavam trazendo drogas, pois elas são direcionadas para cá’, então o HRAN não tem uma ‘importânciazinha’ ele tem um coração enorme para solucionar ou direcionar muitos casos.”, disse.

O diretor da Atenção Secundária, Francino Machado de Azevedo Filho, lembrou que os profissionais de saúde, dentre esses, os enfermeiros e técnicos em enfermagem, foram imprescindíveis para o reconhecimento do HRAN e, indispensáveis ao tratamento dos pacientes. “Nós recebemos essa semana, o certificado da ONU [Organização das Nações Unidas] para o Cris Down, como referencia de um trabalho de excelência feito com crianças e adultos que são portadores de alguma necessidade especial, e também do Fundo de Amparo as populações para os serviços de odontologia e oftalmologia também.”.

Números alcançados por 100% de estatutários

Filho observou ainda que que a Atenção Secundária realizou, em 2019, mais de 1.2milhão de atendimentos ambulatório do HRAN, desses, mais de 40 mil exames; mais de 260 mil consultas de média complexidade, quase 13 mil atendimentos oftalmológicos; mais de 10 mil dermatológicos. “Serviço esse construído com 100% de servidores estatutários, que constrói e faz esse hospital imenso.”, afirmou.

Benefícios aos servidores

Durante a sessão Solene, Vianna observou que o GDF deve encaminhar um projeto de lei, do plano de carreira dos técnicos em enfermagem, bem como lembrou que o governador do DF, Ibaneis Rocha (MDB), se comprometeu em realizar a incorporação da última parcela da Gratificação de Atividade Técnico-Administrativa (GATA).

Em relação aos técnicos administrativos, Vianna observou que fez uma indicação ao Executivo, que passem a integrar a carreira de Politicas Públicas de Gestão Governamental (PPGG). O deputado explicou que tal integração, deve corrigir uma defasagem salarial, na ordem de 30%, em relação aos mesmos profissionais vinculados ao PPGG.

O deputado também observou que deu parecer favorável, na quarta-feira (11), na CESC,  um projeto de lei, que dispõe sobre a concessão de seguro de vida aos condutores.

Preceptoria

Marcos de Sousa Ferreira, diretor da Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde (Fepecs), agradeceu o empenho de Vianna, pela apresentação do substitutivo ao Projeto de Lei (PL) nº 2179/2018, de autoria do Executivo, apresentado por Vianna (11). Aprovado nos dois turnos, o PL cria a Gratificação pela Atividade da Preceptoria (GAP), segue para sanção do governador e, se sancionada, deve garantir que servidores da SES-DF, possam continuar a atuar como preceptores da Escola Superior de Ciências de Saúde (ESCS), de modo a garantir a continuidade das residências nos hospitais do DF.

Moção de Louvor

Ao término da sessão, Vianna, um total de 187 moções de louvor foram entregues a autoridades e aos servidores do HRAN, que contribuíram com o hospital e com o atendimento à população durante suas carreiras. Dentre esses, a secretária executiva de Monitoramento e Acompanhamento de Políticas Públicas do GDF, Meire Lúcia Gomes Monteiro Mota Coelho, e Severino Dantas, em representação ao vice-governador do DF, Paco Brito, que também compuseram a mesa.

Confira a sessão solene