Profissionais da saúde terão direito à meia-entrada em eventos e cinema no DF

381

Foi derrubado o veto ao Projeto de Lei 804/2019, de autoria do deputado Jorge Vianna, que garante aos profissionais da saúde o direito à meia-entrada em eventos artísticos, culturais, desportivos e cinematográficos.

O projeto de lei prevê que os profissionais da saúde, incluindo os aposentados, do sistema público e privado, o pagamento da metade do valor cobrado em ingressos no Distrito Federal.

O desconto deve ser aplicado em cima do valor do ingresso, mesmo que já tenha algum tipo de desconto ou preço promocional. Para que seja válido, o profissional deve apresentar um documento de identidade, contracheque, carteira funcional, ou o registro de classe expedido por entidades como conselhos regionais de Medicina (CRM), Enfermagem (Coren) e Odontologia (CRO).

Na luta por mais um direito para os profissionais da saúde, o deputado Jorge Vianna apresentou o projeto em 2019, e nesta terça-feira (10), a Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), derrubou o veto, concedendo o benefício para a categoria. O projeto será regulamentado em até 90 dias pelo governador.

“Esse é um projeto que visa dar um pouco mais de dignidade para os profissionais de saúde da rede pública e privada. Seguirei lutando por mais direitos e melhorias a estes profissionais, porque o trabalho não para.”, declarou Vianna.