Jorge Vianna realiza sessão solene em comemoração aos 49 anos do HRT

614

Com o auditório lotado, cerca de 150 servidores, o deputado Jorge Vianna (PSD) presidiu uma sessão solene, na manhã desta segunda-feira (27/02), em comemoração aos 49 anos do Hospital Regional de Taguatinga. Durante a solenidade, o parlamentar resgatou a história, além de homenagear servidores da unidade e autoridades ligadas à saúde do DF.

O deputado reiterou a luta pelos servidores e o apoio à saúde do DF. Vianna defendeu a realização de concursos públicos para o HRT, destacando o déficit de técnicos em enfermagem, e criticou a “burocracia da Secretaria de Saúde” que, segundo ele, dificulta a destinação de emendas para compra de equipamentos e reformas.

O diretor do Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem do DF, Newton Batista, parabenizou a gestão do HRT pela reforma da UTI, mas cobrou melhorias para o repouso dos servidores: “Nada mais justo do que a estrutura do hospital favorecer a todos os profissionais”.

Para o presidente do conselho regional de enfermagem do DF, Elissandro Noronha, o HRT, por ser antigo, precisa de melhorias. “Há muito tempo que temos pedidos para reforma, que foi feita no pronto-socorro, mas ainda precisa de outras reformas, como no laboratório, no centro cirúrgico, maternidade, radiologia, então é um desafio”. Segundo ele, a principal qualidade do hospital é o “capital humano”. O diretor do HRT, José Alberto, disse que, pela primeira vez, a instituição é dirigida pelos próprios servidores.

Vânia Pessoa, servidora mais antiga do HRT, agradeceu a homenagem. Ela relembrou sua trajetória, destacando o que mais a marcou nos seus 47 anos de serviço na instituição. “A gente vê uma criança morrer por falta de um atendimento adequado. Isso não é de agora, vem lá de trás. Marca a gente, mas a gente vai seguindo”, disse.

Em tom nostálgico, o deputado declarou, o carinho especial para com o HRT. Por conviver, desde a infância, com a dinâmica da Saúde do DF, uma vez que o pai, eventualmente o levava ao hospital.