Ação Social na Estrutural

117

Após tomar conhecimento que sobre o caso da criança que foi sequestrado no Hospital Regional da Asa Norte (Hran), em julho de 2017, Jorge mobilizou os parceiros conhecidos e realizou juntamente com o Sindate, entidade a qual representa os profissionais de enfermagem, a entrega de doação de roupas e fraldas descartáveis para a mãe da criança que foi sequestrada, Sara Maria da Silva, na Cidade Estrutural.

O Caso ficou conhecido, saiu na mídia e teve grande repercussão, o que motivou a ação mobilizada por Jorge Vianna.

“Nós queríamos aproveitar, e em nome de todos os auxiliares e técnicos em enfermagem, pedir desculpas a você pelo ocorrido. Gostaríamos de dizer que nossa categoria não é assim e que iremos fazer de tudo para que pessoas mal caráter não manchem a imagem da enfermagem”, declara Vianna.

A mãe Sara Silva e sua sogra Maria Dalvina agradeceram a equipe e todos os parceiros que ajudaram. “A gente agradece demais a preocupação e também pede desculpas a vocês, às vezes, na hora do desespero a gente acaba falando coisas que magoam as pessoas, mas nós sempre fomos bem tratados por vocês da enfermagem e a gente também sabe que em todo lugar sempre tem um para manchar imagem. Mas obrigada a todos vocês”, explica Dalvina.