Jorge Vianna participa de Congresso Multidisciplinar de Radiologia

60

Distrital fala sobre necessidade de valorização dos profissionais de radiologia e informa que deve apresentar projeto de lei para criação e inserção do tecnólogo no âmbito da Secretaria de Saúde do DF

Por Kleber Karpov

Na manhã de sábado (5), o deputado distrital, Jorge Vianna (Podemos), participou do 1o Congresso Multidisciplinar de Radiologia de Brasília (Conrad). O Evento reuniu cerca de 450 pessoas entre estudantes, profissionais, professores e palestrantes. Durante a fala, Vianna criticou o corporativismo entre classes de trabalhadores, além da necessidade de valorização da categoria da radiologia.

Durante o evento de abertura do Conrad, compuseram a mesa, o presidente do Conselho Regional dos Técnicos em Radiologia do DF (CRTR-DF), Valcir dos Santos Bezerra, o presidente do Conselho Nacional dos Técnicos em Radiologia (Conter), Manoel Benedito Viana Santos, o representante da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN), vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Carlos, a coordenadora do curso de Radiologia da Uniplan, Késia Balena, e os professores de Radiologia, Maria Elvira de Oliveira, Gleison e Ezequiel.

Durante a fala, Vianna observou que “Existe uma espécie de monopólio profissional no Brasil, em que uma determinada classe detém todos os poderes e decide o que você vai fazer. Isso nós temos que acabar. No Brasil temos que começar a empoderar todas as profissões, sejam as técnicas ou as de nível superior.”, disse ao lembrar, por exemplo, a profissão de farmacêuticos que, no Brasil, são impedidos de prescrever medicamentos.

Tecnólogo

Ao mencionar a necessidade de valorização da radiologia, o deputado informou que deve apresentar um projeto de lei, para a criação e da inserção do Tecnólogo em Radiologia, no âmbito da Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF).

Repercussão

Para a professora de Radiologia, uma das coordenadoras do COMRAD, Maria Elvira de Oliveira, a radiologia precisava de representante no Legislativo. “A radiologia está precisando de alguém que possa nos representar. Hoje temos uma dificuldade dessa representatividade e tudo que o deputado [Jorge Vianna] nos disse aqui no evento, nos deixou muito mais felizes, pois precisamos de alguém que possa lutar por nós.”, disse.

Maria Elvira, também ressaltou que a nova profissão de tecnólogo precisa ser inserida no mercado, porém, sem acabar com a profissão dos técnicos em radiologia. “As outras áreas são regulamentadas e o tecnologia não tem regulamentação. O tecnólogo precisa estar dentro do mercado, mas sem tirar o técnico em radiologia. Existe espaço para as duas categorias, mas que andem de maneira coerente.”, avaliou

Para o estudante de tecnólogo em radiologia, Wandré Macedo, que não conhecia o deputado, a ampliação das vagas no mercado de trabalho, em referencia a sugestão do PL a ser apresentado por Vianna, foi bem recebida.

“É uma coisa que tem que ser debatida e em um momento bom, de ter trazido a público essa ideia dele, até para a gente ter essa visibilidade. Confesso que eu não conhecia o deputado e as propostas dele e, é uma oportunidade de conhecer e entender que ele tem conhecimento, tem ideia do que está acontecendo e se importa, em como a gente vai estar daqui para frente como profissional na nossa categoria.”, disse.