Jorge Vianna apresenta Projeto de Lei para realização de eleição de diretor hospitalar

Para deputado, escolha de diretores por votação democratiza e facilita relação de servidores com gestores das unidades públicas de saúde

52

Por Kleber Karpov

Nesta terça-feira (18/Ago), o deputado distrital, Jorge Vianna (Podemos), apresentou o Projeto de Lei (PL), que dispõe sobre a eleição para o cargo de diretor dos hospitais vinculados a Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF). Se provado, a direção hospitalar, deixa de ser meramente política, e passa a contar com a escolha, por parte de servidores, Conselhos de Saúde e representantes de entidades sindicais.

Para Vianna, a escolha de diretores hospitalares, por meio do voto, a exemplo do que ocorrem em outros segmentos da administração pública, democratiza o processo. Ainda de acordo com o deputado, deve se tornar um facilitador na relação entre gestores e servidores do sistema público de saúde.

“O objetivo do projeto, é nós termos um servidor de carreira competente atuando como diretor, que conhece a região, que conhece o trabalho e os trabalhadores. Que ele possa ter segurança de poder fazer e desempenhar sua atividade enquanto diretor do hospital. É um anseio que nós há muito tempo queremos na Secretaria de Saúde, é poder escolher. Assim, com certeza ficará até mais fácil para o próprio governo fazer a gestão, porque o servidor que conhece todo o trabalho dificilmente vai errar nas suas condutas.”, disse Vianna.

 

Candidatos

De acordo com o PL, podem concorrer ao cargo de diretor, servidores ativos, das carreiras Médica, Enfermagem, Odontologia, Assistência Pública à Saúde e demais servidores efetivos do quadro de pessoal da SES/DF. O candidato deve atender ainda outros critérios, a exemplo de ter, no mínimo, três anos de exercício em unidade de saúde, ser portador de graduação de curso superior.

Eleições

O PL prevê ainda, no processo eletivo, deve ser composta uma comissão eleitoral, composta por representantes da SES-DF das carreiras Médica, Enfermagem, Odontologia, Assistência Pública à Saúde.

Confira o PL na íntegra