Dep. Jorge Vianna presta homenagem aos biomédicos

609

Em comemoração ao dia do biomédico, celebrado em 20 de novembro, o deputado Jorge Vianna (PSD), realizou uma solenidade em homenagem aos profissionais, nesta segunda-feira (21/11), na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF). 

Segundo Vianna, a sessão solene teve o intuito de prestigiar os trabalhadores e mostrar para a sociedade a importância da biomedicina na saúde. Durante a homenagem, o deputado aproveitou para defender um piso salarial para a categoria, além de continuar cobrando nomeações e concursos públicos. “Eles foram de grande importância durante o enfrentamento da pandemia causada pela Covid, geriram a manutenção de um ambiente de trabalho mais seguro para os profissionais que atuam diretamente com os pacientes e fizeram parte das equipes que, exitosamente, realizaram o sequenciamento dos genomas do vírus.”, apontou. 

Estavam presentes no evento, o presidente do Conselho Regional de Biomedicina da 3ª Região, Renato Pedreiro Miguel, a presidente da Associação dos Biomédicos do DF, Aline Kelen Vesely Reis, presidente do Sindicato dos Biomédicos do DF, Bruno Lacerda de Carvalho, e a representante do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (IGES), Elaine Cristina.

O presidente da Sociedade Brasileira de Direito Médico e Bioética, Raul Canal, elogiou o trabalho que o deputado vem realizando. “Todos aqueles, que lhe outorgaram esse mandato, para representá-los, todos tem orgulho, e podem falar de boca cheia pelas ruas, que votaram no deputado Jorge Vianna. O senhor de fato os representa, representa essa categoria, o senhor representa a saúde na capital da república.”, exaltou.

De acordo com o presidente da Fundação Hemocentro, Osnei Okumoto, a maior parte dos profissionais nos bancos de sangue e hemorredes é formada por biomédicos. Ele anunciou que o Hemocentro abrirá concurso público no segundo semestre de 2023 com vagas para estes profissionais. A representante da Secretaria de Saúde, Samara Furtado Carneiro, também anunciou concurso para nomeação de 322 especialistas de saúde, o que, segundo ela, inclui biomédicos.

A biomédica e coordenadora do curso de Farmácia da UNB, Fabiana Brandão, sugeriu a criação de uma universidade pública de biomedicina no DF. “Eu sei o impacto que a educação tem na vida das pessoas e eu queria que esse impacto fosse democrático e acessível a todos no DF”. Jorge Vianna apoiou a sugestão, “Está lançado o desafio e eu me comprometo aqui, inteiramente, em trabalhar para a inclusão do curso de biomedicina na nossa Universidade do DF.”, disse.

O deputado reafirmou seu apoio à categoria: “No que depender de mim, com certeza vocês, nos próximos anos, terão protagonismo jamais visto em todo o território nacional”. Ao final da solenidade, o parlamentar entregou moções de louvor aos profissionais presentes, em reconhecimento aos relevantes serviços prestados à população do DF.