Dep. Jorge Vianna é entrevistado pelo Metrópoles e fala sobre reajuste dos servidores

635

Em entrevista ao Metrópoles, o deputado distrital reeleito Jorge Vianna (PSD), falou sobre as expectativas para o próximo mandato na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), sobre os problemas na saúde do DF, e o reajuste parcelado para os servidores.

Após reeleição, o governador Ibanes Rocha (MDB), anunciou que vai dar um aumento “em torno de 18%” para os servidores do Distrito Federal em 2023, e disse que o percentual de aumento ainda depende de análise da Secretaria de Economia.

Ao comentar sobre o reajuste parcelado aos servidores prometido por Ibaneis, Vianna disse que precisa ser pensado melhor. “Esse sistema de parcelamento causa receio aos servidores. Já aconteceu em outros governos. Acredito que nós temos que conversar novamente com o governo para que ele possa melhorar essa proposta.”, disse o parlamentar.

O deputado observou que esse ajuste não pode ser concedido de forma linear aos servidores, pois existem categorias que receberam vários reajustes ao longo dos últimos anos, já outras, não tiveram tantos aumentos. De acordo com Jorge Vianna, é necessário que haja equilíbrio, para que não seja injusto com ninguém.

Ele falou também de outras dificuldades que usuários do sistema público sofrem, como as Unidades Básicas de Saúde (UBSs), e no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). “Algumas coisas precisam ser melhoradas, precisa ter uma retaguarda para essas UBSs e maior número de profissionais. No Samu, temos ambulâncias que precisam ser trocadas imediatamente”, destacou.