Jorge Vianna fala ao MPT sobre projetos de leis que tratam da promoção da saúde do servidor público do DF

235

Vianna falou sobre PL que institui política de segurança e saúde no trabalho, a ser sancionado pelo governador do DF

Por Kleber Karpov

Em 28 de junho, a Coordenadoria Nacional de Combate às Irregularidades Trabalhistas na Administração Pública (CONAP) do Ministério Público do Trabalho (MPT) realizou audiência pública que abordou a efetivação de medidas de recomendações do MPT aos hospitais públicos do DF, no que tange saúde e segurança em serviços de saúde. Durante o evento, o deputado distrital, Jorge Vianna, falou sobre o Projeto de Lei (PL) 157/2019, que institui a Política Distrital de Segurança e Saúde no Trabalho (PDSST) no âmbito do GDF.

Durante a audiência pública, Vianna lembrou os anos de atuação no meio sindical em que, além de defender os interesses da categoria, também serviu para ouvir e identificar ‘in loco’ as condições de trabalho, além de denúncias de trabalhadores da Saúde.

Em relação aos servidores da rede pública, em especial da Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF), Vianna lembrou a aprovação recente, em segundo turno, do PL 157/2019, de autoria do parlamentar, que institui o PDSST. O deputado lembro que o projeto depende apenas da sanção , pelo governador do DF, Ibaneis Rocha (MDB). “É uma realidade hoje, aos servidores do GDF, uma legislação, aprovada na Câmara [Legislativa do DF (CLDF)], que prevê essa segurança, prevenção e a saúde do trabalhador”.

Vianna lembrou ainda o PL 90/2019, em tramitação na CLDF, que obriga a contratação de brigada profissional, composta por bombeiros civis, pelas unidades e estabelecimentos das redes pública e privada de saúde do DF. “Nós sabemos que os hospitais têm estruturas bastante envelhecidas, já tivemos casos de acidentes, incidentes, de incêndios nos hospitais e nossos profissionais não estão preparados e não são capazes ou aptos para fazer atividades de prevenção de acidente.”.

Alerta

Durante a fala, Vianna alertou para o alto índice de absenteísmo, dos profissionais de saúde do DF ao revelar que o segmento, atualmente, supera a marca dos profissionais de educação, em números de atestados médicos.

“Nós conseguimos ultrapassar hoje, a Secretaria de Educação, em números de atestados. E para aqueles que acham que os atestados da secretaria de Saúde são meio duvidosos, nós temos estatísticas que 90% dos atestados são verídicos. Realmente as pessoas estão doentes. E são diversas doenças, não só físicas e locomotoras mas também psicológicas, um dos maiores problemas que a gente tem na saúde do trabalhador.”, destacou Vianna.

Confira na íntegra:

Saúde e segurança do Trabalhador da saúde é debatido no MPT. Agradeço ao convite e a oportunidade de poder falar sobre meu PL 157 aprovado na CLDF que cria a Política de saúde e segunda do servidor público da administração direta e indireta do GDF.Uma das maiores conquistas para o servidor!

Posted by Jorge Vianna on Friday, June 28, 2019